Apesar da burocracia e das dificuldades de empreender no Brasil, nos últimos anos estamos vivenciando um verdadeiro “boom” de startups – muitas delas são startups sociais, que vem se destacando.

No Paraná o número de startups aumentou 122% em um ano. Curitiba contribui fortemente para esse crescimento exponencial, tendo 10 das 100 startups mais atraentes do Brasil no ano de 2018. Isso coloca a cidade, que é já é carinhosamente chamada de “Vale do Pinhão” na rota da inovação.

Startups sociais

As startups sociais são como qualquer outra startup – uma pequena empresa em fase de crescimento acelerado buscando a tão desejada escalabilidade – expandir os negócios sem aumentar seus custos. A diferença é que o objetivo aqui não é apenas ser uma empresa rentável, mas também gerar impacto positivo na sociedade.   

A vontade dos empresários em deixar a sua marca e fazer a diferença na vida das pessoas vem aumentando e é um conceito cada vez mais valorizado pelos investidores. Pessoas com ideias diferentes e inovadoras vem se mostrando cada vez mais dispostas a empreender com propósito e responsabilidade social, focando no bem estar do todo.

Edtechs: juntando educação e tecnologia

Já sabemos que as startups são majoritariamente empresas que fazem uso da tecnologia e inovação nos setores em que atuam. Quando uma startup usa a tecnologia como meio de favorecer o cenário educacional, nasce uma Edtech.

As edtechs tem como objetivo ensinar e capacitar pessoas em qualquer estágio de aprendizado – desde crianças e adolescentes a adultos que já estão inseridos no seu mercado e querem se profissionalizar. Para isso, fazem uso da tecnologia aplicada nas mais diversas formas, como realidade virtual, inteligência artificial, gamificação e outros.

Acredita-se que o número de startups de edtech ainda vai aumentar muito, principalmente no Brasil onde o cenário é promissor, pois o segmento precisa de muita atenção e é possível prover melhorias de diversas formas.

Startups sociais que investem em educação

Veja algumas startups que, assim como nós, acreditam em um futuro melhor através da educação.

VeducaO Veduca oferece aulas online das mais diversas áreas, de forma gratuita. É possível também fazer um curso online certificado, por R$ 49. Após efetuar o pagamento, você poderá fazer uma avaliação ao final do curso e, sendo aprovado, recebe um certificado digital reconhecido no mercado. Os cursos são ministrados por professores de instituições reconhecidas em parceria com o Veduca, como a USP.

A+ EducaçãoA A+ Educação é uma startup curitibana que tem como missão dar voz, recursos e reconhecimento para os professores, buscando conectar projetos de professores das escolas públicas de todo o Brasil com doadores.

GutenA Guten é uma plataforma de incentivo à leitura e desenvolvimento crítico para crianças, através de jornais digitais, que trazem assuntos da atualidade numa linguagem adaptada para o público infantil. A startup tem como meta ser referência brasileira na formação de leitores e já atua em parceria com educadores de todo o país promovendo a melhoria contínua na aprendizagem.

E você, empreendedor, como pode contribuir com a educação no seu país?


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *